Casamentos na praia viram moda entre os famosos. Veja o que é preciso para organizar o seu!

15 MOKAI

Casar na praia faz parte dos sonhos de muita gente. É diferente, o cenário é lindo, as fotos ficam incríveis e o resultado é inesquecível.

Para que tudo ocorra como o planejado, é necessário estar atento a algumas condições e muitas vezes o casal não leva a ideia adiante quando descobre as burocracias para tal. A boa notícia para os capixabas é que esse tipo de cerimônia, que já é febre entre os famosos, também está chegando por aqui e o sonho do sim-sim em um cenário paradisíaco está bem perto.

Isso porque algumas praias têm trechos reservados para clubes, hotéis e restaurantes, por exemplo, que já costumam ter o alvará necessário para a organização de eventos. É o caso do Mokai, um espaço localizado na Ilha do Boi destinado a receber festas e comemorações personalizadas. “Vitória é uma cidade maravilhosa e não tínhamos um cerimonial que refletisse isso. Agora já é possível casar-se em frente ao mar e sem precisar ir longe”, diz o empresário David Ferraz, que vislumbrou na oportunidade um bom investimento.

Durante o planejamento ainda é muito importante verificar as condições climáticas da época escolhida. Isso evita que marés mais altas, ventanias ou chuvas fortes acabem com a cerimônia antes do planejado. Aí volta a vantagem em escolher um local com estrutura e planejado para aguentar o imprevisto.

“Além disso, opte por começar a cerimônia às 16 horas porque ainda é possível aproveitar a claridade e a beleza do dia e, de quebra, receber um lindo pôr do sol para abençoar a união”, acrescenta Ferraz.

Que uma cerimônia pé na areia é linda demais, não há dúvidas, mas fazer um casamento na praia requer organização e dedicação. Fornecedores, logística, roupas… Fique de olho em cada item para que a cerimônia e a festa sejam um sucesso do começo ao fim.

 

TERNO NA PRAIA?

“Os ternos com tecidos mais leves e composições de fios que absorvem menos calor e que dão uma sensação térmica mais agradável são ideais para os casamentos de dia, afinal, dependendo do local, o clima é mais quente”, garante a empresária Flávia Pacheco, da RPacheco Noivos.

“Assim não importa se a cor do terno e da calça for escura, o tecido é o segredo, porém as cores mais claras são as mais utilizadas e automaticamente o frescor é uma consequência”, complementa.

 

DRESS CODE

Embora estejam se popularizando, casamentos na praia ainda são novidade para muitos convidados e, por isso, é fundamental que os noivos indiquem no convite qual o traje que deve ser usado no evento. Se ainda assim ficar na dúvida, o empresário Rachid Assad, sócio-proprietário da Maschio, recomenda para eles um terno bege ou cinza claro de tecido mais leve. “Se perceber que a festa não é tão formal, você pode retirar o blazer e ficar mais à vontade”, avisa.

Agora, se os noivos deixarem claro que a festa é mais descontraída, a combinação de calça de linho com camisa branca fica bem elegante. “Nos pés, um mocassim ou um sapato menos formal sem meia são ideais”.   

O BOLO

A decoração, música e a escolha do vestido dependem não só do gosto da noiva, mas também da época em que o enlace vai acontecer. A produção para uma cerimônia no Inverno é diferente no Verão. A escolha do bolo também é influenciada pela estação.

“Em dias mais frios cabe eleger recheios mais quentes. Entretanto, o sabor tropical cai muito bem quando o casamento vai ser celebrado em um período de mais calor”, orientou a nutricionista a frente da Cakes and Bakes, Renata Póvoa.

TRILHA SONORA

O universo que invade o pensamento dos noivos no casamento é complexo e diverso. Todos querem garantir uma festa que fique na memória dos convidados. Mas, para isso, é o planejamento audiovisual que cria a atmosfera perfeita e garante o envolvimento afetivo de todos os presentes do início ao fim da festa.

Escolher as atrações, definir a ordem e os gêneros musicais que farão parte do setlist da festa é fundamental para que os convidados entrem no universo dos anfitriões e se reconheçam como parte da história celebrada. Como define o produtor audiovisual e sócio proprietário da One Nice Experience, Jeferson Neves, o planejamento musical de toda estrutura e conteúdo audiovisual de um evento “não é um braço, mas sim o coração da festa”.

“É preciso ter técnica, experiência e sensibilidade para conseguir entender a personalidade dos anfitriões e de seus convidados para garantir harmonia, identificação e envolvimento emocional com a sequência da festa. Deve haver um cuidado especial com música de entrada, de abertura da pista e durante a transição entre as atrações, para que haja uma sequência envolvente. O Projeto Audiovisual, que compõe toda estrutura de som, iluminação e imagem é muito importante, pois cria o cenário da pista e, quando bem produzido, se torna uma extensão da música, o que é fundamental para a experiência dos convidados. O Projeto Audiovisual e a evolução coerente da festa faz com que ela aconteça de forma mágica e fique para sempre na memória das pessoas”, explicou.

COBERTURA FOTOGRÁFICA

Fotógrafos que realizam cobertura de casamentos na praia devem estar atentos às condições climáticas, tendo em mente a mudança brusca de iluminação entre o dia, o pôr do sol e a noite. Os noivos devem ficar ligados, também, aos diferentes serviços de cobertura, que propõe recordações e uma interação diferente com os convidados, como aponta o fotógrafo Octávio Bastos, do No Rock.

“Nós temos a cabine fotográfica, que é um espaço personalizado para tirar fotos com acessórios, entre amigos e que sai um registro impresso. Há a cobertura tradicional do evento, com fotos em maior qualidade e entregues depois, e serviços mais voltados à demanda instantânea, como o espelho mágico, que faz autorretratos” explicou.

Escreva um comentário

Preencha abaixo *