Novas dietas têm como prioridade a “limpeza” do organismo

Bianca Cangini_nutricionista05

Cortar o consumo de industrializados no dia a dia já é uma tendência, mas agora as novas dietas do momento pregam o corte de grãos e cereais. O objetivo é limpar o organismo de toxinas e acabar com a compulsão por comida. Foi com esta premissa que a “Eat Clean” e a “Whole 30” surgiram.

A ideia da “Eat Clean” é eliminar, na primeira semana, tudo o que não é considerado comida de verdade, como os industrializados e qualquer outro alimento que seja modificado, como, por exemplo, as torradas, biscoitos, os cereais do café da manhã, molhos, leite e seus derivados, que tenham potencial alergênico. Após alguns dias, a pessoa começa a retomar o consumo desses alimentos e observando como o seu organismo ira se comportar. “O objetivo desta dieta é que este tipo de alimentação se transforme num estilo de vida, sem prazo para terminar, eliminando para sempre substâncias como o glutamato monossódico, que é cancerígeno, conservantes e corantes, que viram toxinas no nosso sangue”, explicou a nutricionista Bianca Cangini. Adoçantes, açúcares e gorduras saturadas não entram em nenhuma fase desta dieta, criada pelo cardiologista uruguaio Alejandro Junger e que já conquistou celebridades como as atrizes Demi Moore e Gwyneth Paltrow.

De acordo com a nutricionista, essas dietas não têm o emagrecimento como prioridade. “Alguns dos alimentos proibidos nesses programas levam a um processo inflamatório gerado pelo acúmulo de toxinas no sangue. O não consumo deles poderá ajudar na melhora do funcionamento do intestino, a dar disposição, a evitar a compulsão por comida e até mesmo a prevenir doenças. Lembrando que nenhuma dieta deve ser feita sem o acompanhamento de um profissional de Nutrição, pois algumas, por serem muito restritivas, podem desencadear uma deficiência de nutrientes”, ressaltou Bianca Cangini.

Escreva um comentário

Preencha abaixo *